atrevida 1970

Imagem relacionada
Resultado de imagem para MERYL MEISLER: PLAYFUL SASSY '70S
Resultado de imagem para MERYL MEISLER: PLAYFUL SASSY '70S
Imagem relacionada
Meryl Meisler, 1951 - Sul do Bronx. Crescida em Long Island e inspirada por Diane Arbus e Henri Lartigue começou fotografando a si mesma, amigos e familiares. Foi ilustradora autônoma e professora de artes em escola pública. Só publicou as fotos quando se aposentou em 2010. Vive e fotógrafa em Nova York, e assim continua espalhando histórias misteriosas, atrevidas e doces sobre as mais diversas figuras americanas.


18 comentários

  1. Ah, que fotografias incríveis 😍 Obrigada por me apresentar o trabalho da Maryl, Gabi!

    ResponderExcluir
  2. O trabalho da Maryl meio que me fez ao mesmo tempo me sentir em casa e dar umas boas risadas. Obrigada por divulgar imagens tão aconchegantes e divertidas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de nada :) também senti conforto e me diverti com as caretas, poses e acontecimentos que ela registrou. gostaria de fotografar como ela!

      Excluir
  3. oi, gabi! como vai? que bom ver que está de volta <3
    eu não fazia ideia do trabalho dessa mulher, as fotografias são realmente incríveis! é muito engraçado quando me pego surpresa por me dar conta de que existiam adolescentes nas décadas anteriores aos anos 80, acho que porque meus filmes adolebobos favoritos são de 80 pra cima etc hahaha. mas essas fotos que você selecionou são bem curiosas, a gente fica tentando imaginar um contexto pra elas, minha predileta é a 5, não me pergunte o porquê.
    com carinho,
    bia

    https://tartarugaastronauta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi bia! vou bem, e eu estou de volta mais uma vez. nunca planejo ficar tanto tempo longe mas as vezes acontece.
      agora que tu falou me dei conta que também não tenho muita noção da adolescência nessa época, e é algo que tenho bastante curiosidade. talvez seja influencia dos filmes mesmo, e a falta deles em falar sobre isso em tempos mais antigos. também gostei muito dessa foto, pelo que eu li a garota na poltrona é a meryl.

      Excluir
  4. CBGB!! Seria o meu sonho?
    Ah amei de mais conhecer sobre ela, fotografia me inspira demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também me inspira! não tinha ideia do que era CBGB, é nossa, parece um lugar muito legal e eu quero muito ir a algum, ate a sigla é bonitinha sdokaodk

      Excluir
  5. que fotos mais lindas aaaa o estilo dela é bem única né? <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim! eu gostaria de ter estilo como ela para fotos XD

      Excluir
  6. Que trabalho incrível! Eu amo fotografia com todo o meu ser e cada uma dessas imagens revela tanto ao mesmo tempo que são tão cotidianas... É uma viagem no tempo simplesmente apaixonante. Outra coisa que me chama muito a atenção são as roupas. Eu fico muito feliz em ver que pelo menos algumas peças estão de volta atualmente.
    Obrigada por compartilhar as fotos dela, com certeza vou procurar por mais.

    Carinhosamente, Jheni.
    desatino | empire k.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de nada ☺ também amo demais demais fotografia, e essas me fizeram sentir e pensar bastante sobre a vida na época. as roupas são muito bonitas, e se eu não tivesse pesquisado não teria nem pensado que são dos anos 60 por ai.

      Excluir
  7. Que demais as fotos dela! São divertidas e tem um estilo tão legal!
    Adorei demais saber sobre ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é engraçado e confortável e comum as cenas, que é incrível! que bom saber que gostou ❤

      Excluir
  8. nossa, que fotos apetitosas. quero desenhar em cima, quero colar nas paredes. quero aprender a fotografar gente e suas particularidades. amei mesmo. ainda bem que retornei aqui e vi, havia perdido este post.

    [obrigada pelo comentário lá, Gabi! respondi].

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. de nada Helen c: gostaria de ter visitado teu blog mais porém não estive muito presente a alguns dias, mas vou voltar assim que puder!
      essas ideias me empolgaram para fazer o mesmo sakodkas e as fotos também me deixaram com muita vontade de fotografar as pessoas e suas vidas, mas as vezes elas não contribuem muito para nossos planos (o que é uma pena).

      Excluir