17/05/2018

 ilustração de Cristina Daura
8:00 - Acordei e estava muito frio. Soneca dormiu na comoda em cima do toca discos e o Gato (agora o nome dele é Pierrot) em meus pés.
8:30 - Troquei de roupa e me arrumei, tomei uma caneca de Nescau como café da manhã.
8:40 - Escola! Fui a escola mais cedo por causa dos estudos orientados de química.
8:50 - Fui ao Laboratório de Letras organizar a camiseta do Grêmio Estudantil com a Leticia
8:55 - Esperei a Letícia terminar os slides do trabalho de física, o que me fez questionar se esses slides eram realmente necessários e porque o meu grupo não tinha feito.

9:15 - Criei um documento para a apresentação do PowerPoint e compartilhei com todo mundo. Letícia e eu baixamos os arquivos e organizamos os itens na camiseta do Grêmio.
9:30 - Procurei a professora de matemática para descobrir minha média. É nove.
9:40 - Voltei ao Laboratório de Letras  para estudar química com Letícia. Outras meninas chegaram para desenhar, desenhei um pouco e Iris me ajudou com as atividades de química.

10:40 - Saímos para o estudo orientado. O professor sumiu!
11:20 - Encontramos ele e a prova foi adiada. Não fiquei para resolver os exercícios, fui almoçar com a Iris.
11:40 - As meninas vieram almoçar quando tínhamos acabado. Iris assistiu Choque de Cultura pela primeira vez. Encontrei Antonio e Leonardo sentados na mesa de trás.

12:00 - Fiz teste vocal. Sou mezzo! Ajudei a levar o suporte do teclado ate o auditório.
12:15 - Coral! Começamos a ensaiar como um espetáculo completo.
13:30 - Aula de física. Convencemos a professora de mudar a data da prova, o que demorou um pouco. Apresentação de trabalhos e ideias para um projeto de estação meteorológica.

15:20 - A professora de educação física está numa viagem de campeonatos da escola. Respondi as atividades que ela deixou bem rápido e sai.
15:40 - Conversei com meus colegas no bloco de convivência. Encontrei o Antonio novamente, assistimos o teste vocal da Letícia e da Fernanda. Liuliulivrooo!

16:15 - Antonio e eu fomos na oficina de filosofia nos quadrinhos na biblioteca.
17:15 - Aula de filosofia. 
18:10 - Minha mãe foi me buscar, demos carona pra Sabine
18:20 - Comi um pão com requeijão. Naveguei nas interwebs. Estou me sentindo inquieta.

As vezes  lembro que quero fazer isso, normalmente é quando muitas partes do dia já aconteceram e eu já nem não lembro de tudo em ordem. Anotei desengonçadamente algumas dessas coisas ao meio dia em um caderno e escrevi tudo aqui na última hora listada. Não lembro o que aconteceu depois, pensei em descartar mas fiquei com pena. Não era está como queria que estivesse, era pra sem mais detalhado e estar na forma de quadrinhos, quem sabe um dia.

atrevida 1970

Imagem relacionada
Resultado de imagem para MERYL MEISLER: PLAYFUL SASSY '70S
Resultado de imagem para MERYL MEISLER: PLAYFUL SASSY '70S
Imagem relacionada
Meryl Meisler, 1951 - Sul do Bronx. Crescida em Long Island e inspirada por Diane Arbus e Henri Lartigue começou fotografando a si mesma, amigos e familiares. Foi ilustradora autônoma e professora de artes em escola pública. Só publicou as fotos quando se aposentou em 2010. Vive e fotógrafa em Nova York, e assim continua espalhando histórias misteriosas, atrevidas e doces sobre as mais diversas figuras americanas.


vinte perguntas com as minhas respostas

ilustração de María Luque
Vi essas perguntas criadas pela Sara a um mês já, acho, respondi na hora e esqueci de publicar. Gostei muito de responder e o fato de elas serem criativas, engraçadinhas e me fazerem lembrar de coisas da infância me deixou bem feliz. Aqui está, vinte fatos que tu não sabia sobre mim.

Você desce da cama pelo lado esquerdo?
Nope.

Há coisas coladas na sua parede?
Tem, mas vai ter mais quando me mudar.

Chinelos convencionais te incomodam?
De forma alguma. São o único tipo que gosto.

Qual seu dedo preferido?
Difícil! Acho mãos muito bonitas, e é a minha parte favorita em mim. Vou dizer que são os mindinhos  (mas não é verdade).

Quando você era criança seu cabelo era de um jeito que não é mais agora?
É praticamente igual, só que mais cacheado.

O que fez com as figurinhas que guardou pra depois?
Tento usar, mas tenho tanta dó!

Qual foi sua pior experiência com vôlei?
Sempre que eu sou a ultima a ser escolhida nos times de educação física da escola, o que sempre acontecia no ensino fundamental :c

Se você pudesse se vestir com todas as cores do mundo, com qual não se vestiria?
Rosa super neon, ou qualquer cor neon.

Por que você não gosta de sorvete de chocolate?
Não é que eu não gosto mas se tiver outro sabor, chocolate é muito comum e nem tem gosto de chocolate de verdade.

Qual é a palavra que te define?
Horror. Não consegui pensar em nenhuma, mas tem isso que eu falo muito que horror! e meus amigos vivem imitando, eles dizem que eu falo engraçado porque puxo bastante o r, pra mim parece normal.

Quantos anos você tinha quando aprendeu a andar de bicicleta sem as rodinhas?
Acho que oito.

Seu cajado de pegar manga era feito com garrafa pet ou lata de nescau?
Manga tem gosto de remédio e eu nunca nem vi uma árvore de manga.

Qual a sua pizzaria favorita?
À Lenha. Não tem muitas pizzarias onde moro, e provavelmente ninguém vai conhecer essa.

Quantas camisas estampadas você tem?
Se listras contarem como estampa, dez, se não, seis

Qual o desenho bordado nas suas toalhinhas de criança?
Naquelas toalhas pequenininhas tem bailarina e gatinhos.

Já viu Donnie Darko?
Umas cinco vezes.

Quantos hidratantes você tem na sua coleção?
Dois.

Seu sotaque condiz com o sotaque da sua região?
Algumas palavras acho que saem parecidos com a parte mais rural.

Você gostaria de ser chamado pelo seu nome ao contrário?
Não dosakdop

Qual a sua meia mais diferentona?
A de bananinhas, mas tenho pena de usar.